Grêmio 1×1 Internacional, pela visão colorada.

O Gre-nal de ontem, no Olímpico, acabou empatado. O Internacional chegou ao gol com Índio, de cabeça e o Grêmio empatou com Roger, de pênalti. Mas não podemos nos ater apenas a estas descrições para contarmos a história deste Gre-nal.

Ele começou bem antes, há uma semana atrás. O Inter, em situação difícil no campeonato Brasileiro. O Grêmio, franco favorito, em melhor momento e segundo colocado no Brasileiro. As declarações de jogadores e técnicos de ambos os times serviam de tempero da semana que antecede o clássico. Jogadores do Inter sendo negociados e indo embora na semana que todos deviam estar concentrados para o grande clássico, o clássico que poderia significar recuperação e redenção para colorados.

Não pude assistir ao Gre-nal, apenas acompanhei pelo rádio ¬¬. Mas pude perceber que o jogo era do Inter, o meio-campo era colorado e, por ironia do destino, o lado que levava mais perigo a área gremista era justamente o esquerdo, aquele que o Celso Roth disse ser o mais lento do Inter. Graças a entrada do jovem Taison (comparado ao Tinga por Fernando Carvalho) o Inter ganhou maior movimentação e Alex achou com quem jogar.

Este foi o grande trunfo colorado, foi a questão de desequilíbrio do Gre-nal e, admito, foi uma boa estratégia de Tite (que foi vaiado quando anunciado nos alto-falantes e recepcionado aos gritos de: vendido! vendido! deu pra ouvir no rádio). O gol colorado saiu no primeiro tempo, em lance de bola parada (dizem que a posição do Nilmar foi meio duvidosa e que poderia haver impedimento, maaaasss, não pude conferir, então prefiro acreditar no tio do rádio que disse que o gol foi legal e no bandeirinha que não anulou, hehehe), com Índio cabeceando pra dentro do gol, mazah!

O Grêmio voltou mais centrado no jogo no segundo tempo, mas o Inter se mantinha melhor na partida. Então Renan estragou tudo, fez um pênalti primário, daqueles que a gente faz em competições escolares na atacante do outro time que a gente odeia, mas algo que eu não podia esperar de um goleiro de seleção. Deu um chute, hããã, como dizer… na região pélvica do Rodrigo Mendes. Sim, foi um pênalti grotesco, não vou entrar no coro de que todo goleiro pula assim, nunca vi um goleiro pular com o pé em riste assim, no mínimo é burrice. Então entrou o Clemer (frio, duro… mas mesmo se estivesse com ritmo de jogo…) e Roger foi cobrar o pênalti, gol do Grêmio.

Minha impressão do Gre-nal: o Inter perdeu dois pontos e o Grêmio ganhou um.

Por: Tise

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Brasileirão, Clubes Brasileiros, Especial Grenal, Futebol Nacional, Grêmio, Internacional, Tu viu? com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

4 respostas a Grêmio 1×1 Internacional, pela visão colorada.

  1. Kaka' diz:

    huuuuu
    jogo de cumadreeeee
    é
    aheuaheuueh

  2. Guillermo diz:

    Uma colorada que não viu o jogo??? Hmmm… não serve pra nada a opinião.

    DÁ-LHE GRÊMIO!!!

  3. revelino diz:

    Nao adianta o vitor nao pode ver um argentino pela frente !!

  4. revelino diz:

    Nao adianta o vitor nao pode ver um argentino pela frente !! REVELINO DO LAMI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s