Copa do Brasil

Eu sei, eu sei, fiquei devendo o post que sempre ponho em dias de jogo do Inter (e vocês viram no que deu? tsc,tsc… não páro de me culpar, enfim, tava dodói)

Primeiro, vamos a Atlético-MG x Botafogo. O Botafogo garantiu pelo segundo ano consecutivo uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. Assim como ocorreu no ano passado, o Alvinegro carioca eliminou o Atlético-MG, desta vez vencendo por 2 a 0 no Engenhão, nesta quarta-feira. Na próxima etapa, a equipe terá pela frente o Corinthians nos dias 21 e 28 de maio. Após a partida, o treinador Geninho pediu demissão do Galo!!!

Antes da partida, a torcida conheceu de perto ‘Perivaldo’, um cachorro que tem nas costas uma mancha na forma de uma estrela, como a do Botafogo (cachorrinho cut, cut, parecido com o meu).

O primeiro jogo tinha terminado empatado, então para este, as duas equipes vieram dispostas ao ataque. O Botafogo foi mais feliz, vencendo o jogo por 2X0, com gols de Zé Carlos e Alessandro.

 Já o Internacional, que podia até perder por 1×0, conseguiu o mais difícil, perder. O Sport foi muito mais time durante todo o jogo. O Inter parece não ter comparecido ao segundo tempo da partida. Mesmo tendo feito um gol, o que obriagria o Sport a fazer 3, abdicou de jogar, desistiu, jogou a toalha. É a única explicação que encontro.

Além de perder a classificação às semi-finais da Copa do Brasil, o Inter perdeu, a meu ver, algo muito mais importante: a crença no místico uniforme branco, ele nunca havia perdido um jogo, era mágico e aumentava a moral dos jogadores nas decisões.

Alguma coisa tá muito errada quando o melhor jogador em campo pelo colorado é o Clemer. E mais ainda, quando é esse próprio Clemer que grita para os jogadores, depois de mais uma defesa: Vamos jogar, *****!!!! Esse, pra mim, é o retrato do jogo. Alguém esqueceu de avisar os jogadores que o jogo ainda não havia sido jogado.

Como colorada, me dói muito escrever isso, mas o time foi de uma displiscência, de uma má vontade, deu uma agonia de vê-los tão fora do jogo. Às vezes, é bom um tombo,´pra baixar a bola levantar e seguir em frente.

Por: Tise

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Clubes Brasileiros, Copa do Brasil, Futebol Nacional, Internacional, Não dá com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a Copa do Brasil

  1. Kaka' diz:

    não é secar não, como eu disse ao Abel, “tudo pelo bom futebol”, mas o Inter tava uma marreca em campo, e sim, clemer fez baitas defesas, foi o melhor da partida =P
    mas, paciencia, o jeito é achar uma nova cor de camisa para idolatrar =P

  2. Bonilha diz:

    Tem uma frase que ouvi de uma fiel torcedora do Benfica:

    “A bola é redonda”. Uma hora se por cima, outra por baixo…
    Minha observação é objetiva e sintética:

    Fernandão fez mais um “gol contra”. Amarelou bonito, canarinho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s