Juventude x Corinthias-Al

Hoje é a vez do Juventude tentar (só tentar mesmo) a mesma façanha do Inter na Copa do Brasil. O jogo hoje é no Alfredo Jaconi, e o Juventude precisa ganhar por 3 gols de diferença, sem deixar o grande Corinthians-Al fazer nenhum. Missão difícil para o Ju (na verdade, eu quero que eles corram bastante e se cansem pra final do gauchão, hehehe). O Mendes está se fazendo de difícil, diz que não vai poder jogar, mas eu duvido. Já o técnico Zetti promete poupar vários jogadores pra final do Gauchão. Será sinal de que o Juventude abriu mão da Copa do Brasil???

 

Hoje, também temos Sport x Palmeiras. Jogo que decide o adversário do Inter na próxima fase da Copa do Brasil. A primeira partida entre as duas equipes terminou empatada em 0 a 0, no Palestra Itália, na última semana. O Palmeiras se classifica com vitória ou empate com gols. Um novo 0 a 0 leva o jogo para os pênaltis. Hum…não sei quem eu prefiro.

Por Tise

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Copa do Brasil, Futebol Nacional com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Juventude x Corinthias-Al

  1. Alessandro-Palmeirense diz:

    Bem, se fosse você preferiria mil vezes o Sport, com todo respeito aos pernambucanos..
    Internacional e Palmeiras são hoje os dois melhores elencos do país. Com um fora, facilita o caminho do outro pelo título.
    A não ser que você seja daquelas “românticas” que gosta mais de ver espetáculo do que propriamente ser campeão. Nesse caso, Palmeiras e Inter tem tudo para fazer dois dos melhores jogos do ano.
    Ah, vi seu comentário no blog do Paulinho sobre Muricy x Abelão..
    Sou de Campinas, e aí vai uma história que talvez você não saiba:
    Ao treinar a Ponte Preta, Abel sofreu com uma crise financeira que fez com que 4 jogadores abandonassem o elenco. Ele mesmo não recebia, e disse que ao cobrar alguns atletas, os mesmos mandavam ele tomar naquele lugar, pois eles nem recebendo estavam.
    Nessa época, com a Ponte lutando contra o rebaixamento, ele teve uma proposta do Grêmio. Recusou a proposta porque falou que tinha uma dívida com a Ponte. Não era uma dívida financeira. Era um compromisso, uma responsabilidade dele com a diretoria e torcida.
    Quando um Luxemburgo ficaria no time em uma situação dessas?
    Ao término da última partida do campeonato, Ponte 2 x 0 Fortaleza, Abelão foi as lágrimas, por ajudar a Macaca a escapar do rebaixamento.
    Não foi por dinheiro..Foi por caráter..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s